AÇÃO NA COMUNIDADE – XXVII ARRAIAL MINHOTO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CONCELHO DE CAMINHA
0
19

Com um programa extenso, iniciado já a 31 de maio, o XXVII Arraial Minhoto prolongou-se até 15 de junho último. Nesta edição, o Arraial Minhoto concretizou as ligações do agrupamento à comunidade, às instituições e à articulação entre escolas e municípios, na alçada dos projeto que se articulam também a nível regional.

A IX EDUACARTE – Mostra de Arte Infanto-Juvenil foi disso um exemplo, com a participação dos alunos do concelho de Caminha numa iniciativa que reúne em Vila Nova de Cerveira, a vila das artes, a expressão artística dos mais pequenos criadores de arte.

Mas o XXVII Arraial Minho foi também um momento dedicado aos mais pequenos membros do agrupamento, desde a Comemoração do Dia Mundial da Criança e Festa da Criança, organizadas pelo município de Caminha, até à Escola Aberta, com um conjunto de atividades de integração para os alunos que iniciam o 1º Ciclo do Ensino Básico e o 2º Ciclo do Ensino Básico, contribuindo, em conjunto, para mobilizar centenas de alunos em atividades desportivas, culturais e recreativas.

Pelo meio ficaram tantas outras iniciativas que valorizaram o desporto, como o Remo para Todos ou o Quadribola, e o percurso formativo dos alunos, também feito de memórias e de companheirismo, do que foi exemplo o Baile de Finalistas.

No entanto foi, à semelhança de anos anteriores, no dia do Arraial e no Espetáculo “Caça Talentos” que a afluência da comunidade mais se fez sentir.

O Arraial encerra em si mesmo a identidade do Alto Minho, as festas de romaria, a etnografia, a gastronomia, o riso alegre que o canto e a dança promovem, a genuinidade popular que atrai pela cor e beleza dos trajes, e o som que enche os espaços e convida ao convívio. Este ano não foi diferente e a escola sede do agrupamento recebeu a comunidade em festa no seu recinto, numa harmoniosa convivência que uniu associações dos vales do Âncora e do Coura Minho, professores, alunos e famílias.

O Espetáculo Caça Talentos, decorrido também em Caminha, na Praça Conselheiro Silva Torres, que contou com a apresentação de alunos finalistas, revelou dons e confirmou outros que em anos anteriores já se haviam revelado. Das unidades escolares de Caminha e Vila Praia de Âncora chegaram os concorrentes deste ano que, como novidade, trouxeram ao terreiro não só a interpretação de temas de vários autores como também de um inédito.

Em ano de comemoração do seu 30º aniversário, a Academia de Música Fernandes Fão, através do seu Diretor Pedagógico, Gaspar Lima, presidiu ao júri deste “Caça Talentos 2019”, celebrando igualmente a articulação entre esta instituição de ensino artístico especializado da música com o agrupamento de escolas.

Fica o registo de um encerramento de ano letivo, que, contudo, não termina sem que ainda se realizem as respetivas avaliações, em particular a avaliação externa que agora decorre e na qual um universo alargado de alunos se envolve.

JCR| GabCom

Fotos: Município de Caminha