AGOSTO TRAZ PROPOSTAS IRRECUSÁVEIS DE ANIMAÇÃO NOS VÁRIOS “PALCOS” DISTRIBUÍDOS PELO CONCELHO

OFERTA DIVERSIFICADA, DA GASTRONOMIA À MÚSICA, NUM VERÃO APELATIVO PARA TODOS OS SENTIDOS
0
215

No mês de agosto, o mês de férias de excelência, a animação de verão vai por o concelho de Caminha a mexer. EDP Vilar de Mouros, Sonic Blast Moledo, Festival Gastronómico Bife de Espadarte, Romaria de São João d’Arga, Festa do Mar e da Sardinha, concerto ao piano com o maestro Vitorino d’Almeida, são alguns dos eventos que vão marcar os dias e as noites de todos aqueles que visitarem o concelho de Caminha.

Para além da programação cultural, Caminha é um concelho com uma oferta diversificada: 5 praias com bandeiras azuis; serra; rios; gastronomia rica e variada; restaurantes, cafés, pastelarias, várias esplanadas à beira mar, à beira rio e nos centros históricos, que convidam a sentar e a relaxar; hotéis, movida noturna, entre muitas outras distrações. 

O grande destaque da programação do mês de agosto é, sem dúvida, o EDP Vilar de Mouros que vai agitar a aldeia de Vilar de Mouros de 22 a 24 de agosto. The Cult; Manic Street Preachers; Therapy?; The Offspring; Skunk Anaise; The Sisters of Mercy; Prophets of Rage, Gogol Bordello, são alguns dos nomes que vão pisar o palco da edição 2019. O EDP Vilar de Mouros é uma organização da Surprise & Expectation, Lda. Tem como Sponsors a EDP e conta com o apoio da Câmara Municipal de Caminha e da Freguesia de Vilar de Mouros. Mais informações em www.edpvilardemouros.ptou info@festivalvilardemouros.pt.

De 8 a 10 de agosto, o “Âncora Folk´19” – Festival Internacional de Folclore – vai trazer o folclore e a etnografia de vários países ao nosso concelho. Portugal, Senegal, Bulgária e Espanha são os países que vão passar pelas praças de Caminha e Vila Praia de Âncora. O “Âncora Folk ‘19” é organizado pelo Etnográfico de Vila Praia de Âncora e conta com o apoio do Município de Caminha.

O melhor Festival Rock psicadélico da península ibérica acontece de 8 a 10 de agosto, em Moledo. Bandas como Graveyard, Earthless, Lucifer, Orange Goblin, OM, Toundra, entre muitas outras vão passar por Moledo. Além de boa música, neste festival pode usufruir de sol, praia, surf, skate, vibrações graves e psicadélicas, guitarras pesadas, piscina e muito flow…Mais informações em https://sonicblastmoledo.com. Este festival que é já uma marca de Moledo. É organizado por Garboy Lives e conta com o apoio do Município de Caminha e da Freguesia de Moledo e Cristelo. 

De 8 a 11 de agosto, Caminha vai celebrar as festas concelhias em honra de Santa Rita de Cássia, uma festa religiosa de grande tradição.A cada ano que passa, esta festividade popular atrai a Caminha milhares de pessoas. Do programa religioso fazem parte os sermões e a majestosa procissão, constituída por dezenas de andores e figurantes, sempre acompanhada por uma fanfarra ou banda de música. O programa de animaçãocultural também é rico e diversificado. 

De 9 a 10 de agosto, Orbacém promove o II Festival das Lavradeiras de Orbacém, dedicado às gentes da freguesia e à comunidade emigrante. É um momento de festa e de convívio. 

De 8 a 18 de agosto, Vila Praia de Âncora é a capital do espadarte. Com o oceano atlântico a servir de cenário, este certame gastronómico apresenta as mais variadas formas de confecionar o espadarte. 

Já o Cais de São Bento, em Seixas, vai acolher a V Festa do Rio, nos dias 14 e 15 de agosto. 

Destaque também para a programação do Valadares Teatro Municipal, que vai ser palco do concerto “Ao piano com o maestro Vitorino d’Almeida”. O espetáculo decorre dia 14 de agosto, pelas 22H00. A entrada é livre.

Para os amantes das duas rodas motorizadas, de 16 a 18 de agosto, o Largo do Casal, em Vilar de Mouros, recebe mais um Encontro Motard.

Entretanto, no dia 17, a praia de Moledo “transforma-se”, com o MOcean – sunset party, entre as 10H00 e as 02H00.

Voltando à área da gastronomia, de 23 de agosto a 01 de setembro, o Campo do Castelo vai ser palco da Festa do Mar e da Sardinha, um evento de cariz popular, que destaca as fortes ligações que o concelho tem com o mar, nomeadamente com a comunidade piscatória de Vila Praia de Âncora. Esta festa do mar tem como objetivos promover o turismo e a gastronomia, bem como potenciar a economia local. 

No desporto, destaque já perto do final do mês, no dia 25, para a travessia internacional Open Remo de Mar.

Nos dias 28 e 29, é tempo de subir à Serra d’Arga, que é palco de uma das festas populares mais genuínas do Alto Minho – a Romaria de S. João d’Arga. Todos os anos, milhares de romeiros sobem a serra para participarem na festa onde a animação é a palavra de ordem. No dia 28, esta romaria que junta o sagrado e o profano, começa cedo quando os vários grupos, oriundos de múltiplos pontos do distrito, iniciam a subida a pé a serra. O ambiente é de festa. Os caminheiros fazem-se acompanhar de concertinas e fazem o percurso a cantar ao desafio. Essa noite é uma grande festa, a animação e a boa disposição são uma constante. Para além, das cantigas ao desafio e das concertinas, esta festa é conhecida pelas especialidades locais, a tão afamada aguardente com mel.

De 30 de agosto a 01 de setembro, a Serra d’Arga volta a estar no centro das atenções e vai reunir praticantes de escalada e amantes de desporto de natureza, num dos locais de referência da modalidade, cujo objetivo é tornar esta área de Portugal numa das zonas escola de escalada de referência a nível nacional. Estamos a falar da Parede de Escalada de Penice, situada em Arga de Baixo, que é uma estrutura natural com caraterísticas e potencialidades de destaque para a prática da modalidade de escalada, nomeadamente para a escalada desportiva e bloco. Mais informações disponíveis no endereço electrónico, em https://www.facebook.com/events/2610622155631236/

No que concerne a exposições durante este período estão disponíveis várias mostras. O Museu Municipal de Caminha tem patente ao público a exposição “Corpo, Abstração e Linguagem na Arte Portuguesa” – obras da Secretaria de Estado da Cultura (SEC) na Coleção de Serralves, no âmbito do acordo de integração do município de Caminha como Fundador de Serralves. 

Está igualmente a decorrer a Arte na Leira, na Casa do Marco, em Arga de Baixo. Da autoria do artista Mário Rocha, esta edição junta mais de 40 nomes ligados às várias expressões artísticas, com destaque para a pintura, escultura, fotografia e cerâmica.