Atleta moledense Ângela Fernandes conquista 3º lugar no Team Relay e o 4º lugar por nações no EUROSUP 2023

Um currículo impressionante que é um orgulho para o concelho e para Portugal
0
677

A atleta moledense Ângela Chevarria Fernandes continua a somar vitórias e títulos. Os mais recentes são o 3º lugar no Team Relay e o 4º lugar por nações, tudo no EuroSUP 2023, que decorreu em outubro, em Peniche. Um orgulho para Moledo, para o concelho de Caminha e para Portugal. Parabéns Ângela!

Ângela Fernandes integrou a equipa de 13 atletas que defenderam as cores nacionais no certame continental, selecionada pela Federação Portuguesa de Surf (FPS). A seleção falou, na altura, de um conjunto que combina juventude com a experiência de alguns atletas mais consagrados e nestes últimos está com certeza o nome da nossa atleta, que soma títulos de campeã em modalidades como o Triatlo, Ciclismo, Remo e mais recentemente Stand Up Paddle.

Apesar de ser uma das melhores atletas do mundo no Stand Up Paddle, Ângela concilia os treinos com uma profissão exigente e difícil, sendo motorista de matérias perigosas. E se agora a modalidade se encontra numa fase de maior desenvolvimento em Portugal, nem sempre foi assim. Ângela Fernandes recordou em setembro último, no programa Maré Alta, da Antena 1 (realizado em direto a partir de Moledo), o início, quando nem era possível adquirir equipamentos no nosso país.

Em 2017, a Câmara Municipal de Caminha aprovou voto de louvor à atleta moledense, já então com um curriculum desportivo impressionante: “no remo, foi Campeã Nacional por 15 vezes em diferentes distâncias e embarcações e no decorrer da sua carreira internacional obteve um 4º lugar na Coupe de la Jeunesse 2000 e o 7º lugar no Campeonato do Mundo que teve lugar em Eton em 2006. No ciclismo foi Campeã Nacional de pista em velocidade, Campeã Nacional master de ciclocrosse em 2015 e 2016, duas vezes vencedora da Taça de Portugal por equipas, vencedora da Volta à Galiza em 2011 e competiu na Taça de França em longa distância durante três anos. A qualidade apresentada, fez com que representasse a Seleção Nacional em várias competições internacionais pelo mundo fora. No triatlo foi Campeã Nacional de idades na vertente de triatlo longo em 2014”.

Posteriormente dedicou-se ao Stand Up Paddle com resultados de excelência também. Somava já em 2017 títulos de Campeã Nacional em 2014, 2015 e 2016 na vertente de SUP técnico e SUP maratona, venceu ou obteve extraordinárias classificações em provas de elite internacional, foi 3ª classificada em SUP maratona, 5º classificada em SUP técnico e 3ª classificada por equipas no Campeonato de Europa de 2016 tinha sido 3ª classificada em SUP maratona, 5º classificada em SUP técnico e 4ª classificada por equipas no Campeonato da Europa 2017, também realizado em Peniche.

No presente evento de Peniche participaram 14 seleções nacionais, num total de 203 atletas, que competiram nas disciplinas de SUP Wave, Maratona, Race Técnico, Team Relay e Sprin.