BIBLIOTECA MUNICIPAL DE CAMINHA VAI SER ENRIQUECIDA COM MAIS DE 1.300 NOVOS TÍTULOS

Doação de particular vai ser analisada e votada na próxima reunião do Executivo
0
9

Mais de 1.300 novos títulos vão enriquecer o espólio da Biblioteca Municipal de Caminha. O presidente da Câmara vai propor ao Executivo, segunda-feira, dia 16 de setembro, a aceitação da doação de um fundo bibliotecário de família, que faz parte da herança de António de Almeida Correia de Sousa. A reunião terá lugar pelas 15h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

A doação está a ser preparada desde julho último, na sequência do contacto de uma filha do engenheiroAntónio de Almeida Correia de Sousa, na qualidade de cabeça de casal da herança, manifestando a intenção de oferecer parte da biblioteca de família, que era espólio de seu pai, ao Município de Caminha. 

Analisados os títulos disponíveis resultou uma seleção que soma mais de 1.300 livros, de várias temáticas, desde a história, à política, romance, etc.

Para Miguel Alves, “a proposta de oferta da cidadã não só é uma demonstração de enorme generosidade cívica, como também um contributo de enorme qualidade para a nossa Biblioteca”. O presidente vai, por isso, propor a aceitação da doação, enquanto fator que enriquece o acervo cultural do Município de Caminha e em particular da Biblioteca Municipal.

Recorde-se que, nos termos do artº 33º, n.º 1, alínea j), da lei 75/2013, de 12 de setembro, compete à Câmara Municipal aceitar doações, legados e heranças a benefício do inventário. 

A coleção da Biblioteca de Caminha dispõe de um fundo bibliográfico com mais de 70 mil volumes, constituído através de aquisições de natureza diversa, designadamente por compras e por doações, tendo estas origem quer em instituições quer em cidadãos.

“As doações, pela sua índole pro bonoe pelo alcance do seu conteúdo, poderão suscitar efeitos de grande relevância para o serviço e para o aperfeiçoamento do cumprimento dos objetivos públicos da Biblioteca Municipal”, lê-se na proposta.

Da ordem de trabalhos de segunda-feira faz ainda parte, entre outras, uma proposta de autorização para alienação do lote número 20 da Área Empresarial da Gelfa.