Campanha do Banco Alimentar Contra a Fome: apelo a voluntários

0
204

A Câmara Municipal de Caminha volta a associar-se à Campanha do Banco Alimentar Contra a Fome, que que terá lugar nos dias 2 e 3 de dezembro. Assim, o Município apela aos munícipes para se juntarem a esta causa, participando nas ações que vão ser desenvolvidas em várias superfícies comerciais do concelho. O prazo de inscrição termina a 24 de novembro.

Como já referimos, a Campanha do Banco Alimentar Contra a Fome acontece a nível nacional nos próximos dias 2 e 3 de dezembro de 2023. No nosso concelho, esta campanha decorrerá em várias superfícies comerciais, designadamente: Continente; Froiz; Aldi; Intermarché; Minipreço; Pingo Doce e Supermercados Capitolina.

Conseguir o maior número possível de voluntários é o objetivo do Município, pois só assim o propósito desta grande campanha de solidariedade alcançará os desígnios a que se propôs, nomeadamente a nível local.

Esta campanha tem como objetivos: angariar alimentos básicos, relativamente aos quais não existem excedentes (leite, arroz, massas, azeite, óleo, grão e feijão, atum, salsichas, bolachas e cereais de pequeno almoço); incentivar a partilha com as pessoas que não têm alimento à sua mesa e, ainda, sensibilizar a comunidade para as carências alimentares que afetam muitas famílias, designadamente do concelho de Caminha.

Assim sendo, os cidadãos interessados em colaborar como voluntários no concelho de Caminha devem inscrever-se até ao dia 24 de novembro, através do preenchimento do formulário de inscrição de voluntários, disponível no seguinte link: https://forms.gle/EotkASvawQKTehxd7. Realçamos ainda que, no caso de estar interessado em colaborar e não tiver facilidade de utilizar ferramentas eletrónicas, pode contactar telefónica ou presencialmente as técnicas reesposáveis pelo Programa de Voluntariado da Câmara Municipal de Caminha.

Lembrámos que as campanhas do Banco Alimentar contra a Fome se realizam em três modalidades que se completam e complementam:

– Campanha Saco, com voluntários presentes nas lojas que convidam à participação numa partilha do que vamos comprar para a nossa casa com famílias carenciadas.

– Campanha Ajuda Vale, através de vales de produtos selecionados (como azeite, óleo, leite, salsichas e atum). Cada vale representa uma unidade do produto (por exemplo, “1 litro de azeite”, “1 litro de leite”, etc.) e inclui um código de barras próprio, através do qual é efetuado o controlo das dádivas. Ao realizar o pagamento, o doador entrega o vale na caixa registadora e os produtos ficam claramente identificados no talão de caixa. A logística de transporte para os Bancos Alimentares contra a Fome fica a cargo de cada uma das cadeias de distribuição.

– Campanha online, através da plataforma www.alimentestaideia.pt que permite a doação de alimentos online e assim a participação na Campanha de pessoas que habitualmente não se deslocam ao supermercado ou que residam fora de Portugal, nomeadamente os emigrantes. O pagamento é feito por Multibanco, tal como com qualquer outro pagamento de serviços ou compra online, ou cartão de crédito, usando a referência e o código que são enviados automaticamente por correio eletrónico, assim como o recibo de donativo com relevância fiscal, concluída a doação.