Cerimónias comemorativas do centenário do nascimento de Cesário Lagido

10 de dezembro de 2020 - Centenário do nascimento
0
352

O Senhor Cesário Augusto Lagido foi uma das figuras mais marcantes no século passado e no início deste, no campo da música e na dedicação aos outros.

O Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora, com quem colaborou de forma ativa, deliberou assinalar a data comemorativa do centenário do seu nascimento com uma iniciativa que visa evocar o seu percurso de vida que muito bem pode ser considerado um exemplo para as gerações vindouras.  

Relativamente ao seu extraordinário percurso de vida e à estima e consideração que por ele nutriam todos quantos com ele conviveram, dentre tantos outros aspetos que poderíamos singularizar, respigamos alguns elementos demonstrativos, designadamente:

  • O Senhor Cesário Lagido, nasceu em Vila Praia de Âncora no dia 10 de dezembro de 1920 e faleceu com 95 anos, em 12 novembro de 2016, foi carpinteiro de profissão, mas, cumulativamente, deixou, atrás de si, um lastro de atividades de natureza cultural e solidária dignas de menção.    
  • A sua vida foi muito marcada pelo contexto familiar, pela sua atividade profissional e pela sua dedicação à música e nos últimos anos da sua vida pela dedicação aos outros na Conferência de São Vicente de Paulo.
  • No campo musical é da maior relevância a sua participação como executante de instrumentos como o saxofone, o acordeão e o violino e como professor de música (formação musical e solfejo) na Escola de Música do Orfeão de Vila Praia de Âncora;
  • Cesário Lagido foi mestre da música, esteve à frente da escola de música da Banda de Lanhelas entre 1962 e 1990 e chegou a ser seu diretor em períodos de crise ou de passagem de testemunho;
  • Integrou diversas bandas de música do distrito, designadamente em Vila Praia de Âncora, Dem, Vila Nova de Anha e Lanhelas e dirigiu a orquestra ligeira do Centro Cultural e Social de Vila Praia de Âncora;
  • Cesário Lagido, nos anos 30 e 40 do século passado, fez parte dos conjuntos existentes na época em Vila Praia de Âncora: o “Conjunto Ancorense” e posteriormente o “Conjunto Verdes Lírios”.
  • O reconhecimento do seu mérito foi evidenciado pela Câmara Municipal de Caminha quando, em 21 de maior de 1993, na sequência da apresentação de uma proposta nesse sentido à Câmara Municipal de Caminha pelo então Vereador do Pelouro da Cultura, José Luis Presa, recebeu a Medalha de Mérito Cultural do Concelho de Caminha.
  • A sua memória está bem presente nos seus muitos alunos que o recordam como uma pessoa muito empática para com as crianças e jovens que com ele conviviam, com idades, normalmente, entre os 8 e 11 anos, e todos admiravam a sua paciência e persistência que só era explicada pelo seu muito amor à música.
  • Como preito de homenagem e gratidão a Banda de Música de Lanhelas esteve presente no seu funeral o qual foi realizado ao compasso da música de Chopin tendo sido muitos os músicos de outras bandas do Alto Minho que se incorporaram na emotiva homenagem.

Assim e porque faz parte do Plano de Atividades do Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora a evocação, no dia 10 de dezembro de 2020, do Centenário do Nascimento do Senhor Cesário Lagido, mesmo numa conjuntura marcada pela crise pandémica provocada pela COVID-19, deliberamos assinalar a data estando programadas as seguintes ações:

17:30 horas: Colocação de uma coroa de flores na campa onde está sepultado

18:00 horas: Missa na Igreja Matriz

19:00 horas: Sessão Evocativa, Virtual, do Centenário do seu Nascimento.

  • Abertura pelo Presidente da Direção do CSCVPA
  • Momento musical (Banda de Lanhelas)
  • Apresentação da vida e obra (João Franco)
  • Testemunhos (Olinda Lagido/Manuel Lagido, Francisco Presa, Ramalhosa, Pe Valdemar)
  • Momento musical (Orfeão de Vila Praia de Âncora)
  • Encerramento pelos Presidente da Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora e Presidente da Câmara Municipal de Caminha.

O PRESIDENTE DA DIREÇÃO
Dr. José Luis Presa

Foto: Caminha2000