Combatentes da Guerra do Ultramar mortos em Angola – a honra devida.

LIONS CLUBE DE VILA PRAIA DE ÂNCORA
0
318

O Jornal Expresso divulgou hoje o Despacho da Lusa/António Cotrim sob o título “Angola e Portugal iniciam contactos para honrar soldados portugueses mortos na guerra colonial”, relacionado com a atual visita do Ministro da Defesa Português, João Gomes Cravinho a Luanda e os seus contactos com o Ministro Angolano dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, João Ernesto, no âmbito da sua participação na 19.ª reunião de ministros da Defesa da Comunidade dos Países de Língua Lusófona.

Nesse comunicado refere-se que este encontro visa dar sequência ao desejo do Governo Português em dignificar os cemitérios onde se encontram enterrados os Combatentes da Guerra do Ultramar, pretendendo assim honrar os Combatentes que morreram ao serviço da Pátria.

O Lions Clube de Vila Praia de Âncora, na sequência do Encontro de Combatentes realizado no passado dia 4 de Maio e cujas Conclusões foram amplamente divulgadas e enviadas, nomeadamente, ao Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, nas quais os combatentes presentes no Encontro foram muito claros nesta matéria exigindo ao Governo Português a “Transladação dos restos mortais dos Combatentes que ainda se encontram sepultados nas ex-Províncias Ultramarinas sem encargos para as famílias, para os locais a indicar pelos seus familiares diretos, com honras militares”.

Só assim serão devidamente honrados!

Por outro lado regista-se com agrado a existência no seio do Governo Angolano de um Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, um exemplo que deve ser seguido pelo Governo Português e cuja recomendação também saiu do Encontro de Combatentes realizado no passado dia 4 de Maio.