Comunicado do Bloco de Esquerda do Concelho de Caminha

0
68

Decorreu na manhã deste sábado (23OUT), em Viana do Castelo, uma grande manifestação popular contra a intenção do Governo na mineração do lítio na Serra de Arga e freguesias dos 5 concelhos afetados.

Os elementos do Bloco de Esquerda do Concelho de Caminha participaram nesta grande manifestação, como não poderia deixar de ser.

Tendo em conta que a manifestação se quer apartidária, o Bloco de Esquerda compareceu sem qualquer identificação mas, ao contrário de outras forças partidárias menos empenhadas ou com uma atitude titubeante, o Bloco de Esquerda, para além de participar afincadamente em todas as atividades e nas coletividades, diariamente, por via dos seus elementos associados nessas coletividades, criou ainda uma faixa própria, sem qualquer identificação do Bloco de Esquerda, para participar ativamente na manifestação.

Na faixa lia-se o seguinte: “MINAS NO ALTO MINHO? SÓ AS DE ÁGUA! Pelo ambiente, ao lado das populações.” (imagem abaixo)

A manifestação foi um sucesso enorme, com uma participação massiva, ficando muito bem demonstrado qual é a vontade e a postura determinada das populações do Alto Minho.

O Bloco de Esquerda do Concelho de Caminha quer deixar bem claro que a mineração não está circunscrita à Serra de Arga, mas a uma vasta área fora da Serra de Arga.

No nosso concelho, a área de mineração invade (invade mesmo) as freguesias, mesmo nas zonas urbanas, de Caminha e Vilarelho, Venade e Azevedo, Argela, Seixas, Lanhelas, Gondar e Orbacém, Dem, Arga de Cima e Arga de Baixo.

Em todas essas freguesias pode ocorrer a mineração do lítio, pelo que não pensem os caminhenses mais distraídos que estamos perante um assunto restrito a uma zona remota da Serra.

Através da seguinte hiperligação e endereço poderão confirmar (e forma interativa) as áreas de mineração de acordo com a informação oficial da Direção-Geral de Energia e Geologia:
Clique aqui para abrir

Assim, o Bloco de Esquerda do Concelho de Caminha quer deixar o alerta de que este modelo de desenvolvimento das populações, que é defendido pelo governo PS, põe em risco a vida de todos os caminhenses, afetando diretamente todas as freguesias indicadas, uma vez que em todas elas é possível começar em breve a fazer buracos.

Caminha, 23-10-2021,
O Secretariado do Bloco de Esquerda do Concelho de Caminha.