Coveiro deixa caixão destapado dois dias em cemitério de Vila Praia de Âncora

0
677

Funcionário da Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora com as funções de coveiro deixou “a descoberto” um caixão durante cerca de dois dias no cemitério. Após decorrer as cerimónias fúnebres, no final da manhã, o funcionário ausentou-se para almoçar e não regressou para concluir o trabalho.

A família do defunto reclamou no próprio dia à Junta de Freguesia, responsável pelo cemitério, mas o funcionário não regressou, continuando o caixão no local, destapado.

Em assembleia de freguesia o Partido Socialista questionou a junta de freguesia sobre esta situação, que considerou grave, tendo em conta “todas as consequências emocionais para a família e a criação de riscos sanitários desnecessários”.

O presidente da junta de freguesia, Carlos Castro, afirmou que “o funcionário tem uma atenuante que eu acho válida: morreu-lhe a companheira há pouco tempo e ele psicologicamente não estava bem”.

O funcionário está a ser alvo de um processo disciplinar, referiu o autarca.

Fonte e Fotos: JN