Explicada a lotação máxima de utentes por praia no concelho

0
979

A proposta de lotação das praias foi publicada na página Agência Portuguesa do Ambiente, encontrando-se ainda em período de consulta informal, por isso ainda poderá haver alterações através de todas as sugestões que forem submetidas.

Neste primeiro documento a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) determinou a lotação de cada praia. No concelho de Caminha foram determinados os seguintes números:

Moledo – 4.500 utentes
Vila Praia de Âncora – 2.700 utentes
Foz do Minho – 1.600 utentes
Forte do Cão/Gelfa – 500 utentes

No Plano de Ordenamento da Orla Costeira Caminha-Espinho (ver neste link todos os documentos), consegue-se saber diversos dados de cada praia.

O número da lotação é calculada de acordo com os apoios (concessões), ou seja, onde existe vigilância.

“O cálculo da capacidade de cada praia foi apurado através de uma conjugação de critérios como a “definição da área de areal utilizável para a prática balnear com a profundidade possível”, “as características biofísicas e faixas de salvaguarda ao risco costeiro”, “o limite lateral das praias”, a “influência da maré” e a “utilização de uma área de 8,5 m2/pessoa, considerando o distanciamento físico necessário por razões sanitárias”, entre outros.”

Moledo e Vila Praia de Âncora

Pegando nas duas praias com mais lotação do concelho, Moledo e Vila Praia de Âncora, as diferenças são significativas.
Vila Praia Âncora tem 2 apoios de praia e uma área útil de 9.400 metros quadrados de praia.
Já na praia de Moledo existem 4 apoios de praia, sendo a área de praia maior, num total de 20.400 metros quadrados. Ver mapas abaixo.

Este modelo é exclusivo para as praias com concessões:

Desta forma, e estando num país livre, pode-se continuar a frequentar todas a área de praia, mesmo a não vigiada (sem concessão), devendo manter sempre todas as precauções.

Conheça a sinalética que irá aparecer na praia: