FUNERAL DE EMIGRANTE ANCORENSE ABATIDO NA SUIÇA

0
73

Dionísio Cândido Pereira da Cunha, emigrante de Vila Praia de Âncora na Suiça, com 50 anos, foi abatido pela polícia suiça há uma semana, tendo como causa o contexto de violência doméstica.

O funeral realizou-se na igreja matriz de Vila Praia de Âncora no passado dia 26 de dezembro, quinta feira e encheu-se para a despedida. O corpo chegou por volta das 14h00 e foi sepultado pelas 16h00 no cemitério local.

Dionísio Cunha era pai de quatro filhos, dois da atual mulher e dois de uma anterior relação

O acontecimento que levou à sua morte aconteceu em casa na Suiça. A polícia foi chamada pelos vizinhos devido aos gritos. Terá sido encontrado com uma arma de fogo na mão e a mulher estava ferida num braço. Na tentativa de fuga da polícia foi atingido com uma bala na cabeça não resistindo ao ferimento.