Lions de Vila Praia de Âncora cancela Peditório anual da Liga Portuguesa Contra o Câncro

0
120

O Lions Clube de Vila Praia de Âncora, como entidade local realizadora decidiu cancelar o Peditório de Rua em várias freguesias do concelho de Caminha que está previsto entre os dias 29 de Outubro a 2 de Novembro.

O Lions Clube de Vila Praia de Âncora analisou a viabilidade local da realização do Peditório da Liga Portuguesa Contra o Cancro que lhe está afecto, face ao agravamento assustador da pandemia da COVID-19 e à necessidade de observância das medidas de segurança e de saúde pública que estão preconizadas, nomeadamente as medidas de prevenção nos cemitérios emanadas pela Câmara Municipal de Caminha.

Assim, a Direção do Lions decidiu cancelar o Peditório de Rua nas freguesias de Âncora, Argas, Argela, Caminha, Vilarelho, Dem, Gondar, Orbacém, Riba de Âncora e Vile e Vila Praia de Âncora e, ainda, junto das superfícies comerciais da Loja Bom Dia Continente de Vila Praia de Âncora e do Intermarché de Âncora, por entender que não é recomendável a sua realização por motivos de segurança e de saúde pública.         

Em conformidade, decidiu dar conhecimento desta decisão às seguintes Entidades envolvidas:

– Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte;

– Câmara Municipal de Caminha;

– Juntas de Freguesia e de União de Freguesias envolvidas e parceiras (Âncora, Argas, Argela, Dem, Gondar e Orbacém e Vila Praia de Âncora);

– Paróquias envolvidas e parceiras (Caminha, Vilarelho, Riba de Âncora e Vile);

– Loja Bom Dia Continente de Vila Praia de Âncora; e

– Intermarché de Âncora.

O Lions Clube de Vila Praia de Âncora recolherá todo o material já distribuído, na data e locais que estão aprazados e está disponível para a realização do Peditório na área que lhe está afeta, logo que a situação pandémica o aconselhe e tenha concordância da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

O Lions Clube de Vila Praia de Âncora lamenta esta tomada de decisão, fazendo-o na certeza de estar a preservar a saúde pública, que é um dever de todas as entidades e de todos os cidadãos.

Por fim, agradece às Entidades e Voluntários envolvidos a sua prestimosa colaboração.