“O DIA-A-DIA DE UMA ADOLESCENTE INVISUAL”

Na passada segunda-feira, dia 13 de janeiro de 2020, os alunos da ETAP - Escola Profissional, Unidade de Formação de Vila Nova de Cerveira assistiram a uma sessão com a Marta Paço, realizada na escola.
0
140

Quais as dificuldades encontradas e como enfrentá-las?

A Marta tem 15 anos, é de Viana do Castelo e é invisual de nascença. Foi a primeira campeã europeia de surf adaptado em 2019 e ao competir junto dos atletas masculinos na categoria de surfistas com deficiência visual, a Marta conquistou o terceiro lugar.

Esta sessão consistiu em saber como é o dia-a-dia da Marta, quais as dificuldades que ela encontra e como as enfrenta. Os alunos observaram de que maneira ela acede às tecnologias de informação e comunicação, qual o funcionamento de um leitor de ecrã e de uma linha braille. Foi-lhes ainda explicado como se lê braille em livros/revistas físicas e por fim, tiveram a oportunidade de esclarecer questões e curiosidades.

Durante o esclarecimento de questões e curiosidades ficamos saber um pouco mais:

O sentido que a Marta considera mais forte é o tato e consegue combinar o que veste através do mesmo, pois já conhece a sua própria roupa. Na opinião dela, os livros físicos tornam o estudo mais complicado pela diferença de páginas para os livros normais. A sua maior dificuldade é andar em sítios desconhecidos, mas conta sempre com ajuda das pessoas mais próximas!

A atividade está enquadrada no projeto ComTato, que surgiu no âmbito da Prova de Aptidão Profissional (PAP), e consiste em sensibilizar a comunidade em geral para a problemática da deficiência e inclusão tanto a nível pessoal como digital, bem como, dar a conhecer à comunidade escolar as tecnologias que existem para que estas pessoas possam ter acesso igualitário às plataformas de informação e comunicação.

Para que este seja possível e alcance os objetivos, realizarei um evento no próximo dia 19 de fevereiro de 2020, em Vila Nova de Cerveira que contará com palestras, demonstrações, workshops e por fim, um torneio de Goalball.

Ao longo do ano letivo, serão também realizadas algumas visitas de estudo e sessões com convidados que falarão da sua experiência de vida e como conseguem aceder às TIC’s.