O SONIC BLAST MOLEDO MUDA DE LOCAL A PEDIDO DA POPULAÇÃO

Os habitantes da localidade minhota queixam-se do "barulho infernal”; a organizacão diz-se apanhada "de surpresa"
0
271

O festival SONIC BLAST que, durante a última década, se tem realizado anualmente nas imediações do Centro Cultural de Moledo, vai ser deslocado para outro local já na edição de 2020. A informação foi avançada pelo Presidente da Junta de Freguesia da vila minhota, que faz parte do concelho de Caminha, no decorrer da última Assembleia de Freguesia.

Na sequência de um abaixo assinado entregue por alguns moradores ao Presidente da Câmara de Caminha, dando conta dos incómodos provocados pelo excesso de ruído causado pelo festival, “a Junta e a Câmara reuniram com os promotores a fim de, em conjunto, encontrarem um novo local onde o impacto junto da população seja menor“. 

Segundo o Presidente da Junta já foi identificada uma localização alternativa para a realização da próxima edição, faltando apenas luz verde do proprietário do terreno. “Fomos apanhados de surpresa por esta notícia e soubemos do abaixo assinado pelos moradores através da imprensa local“, começa por explicar Ricardo Rios, responsável pelo SONIC BLAST. “Tal como esta notícia refere, não há garantia de que o festival vá mudar para o local mencionado. Como se pode ler, o local, por esta altura, ainda carece de autorização do proprietário. 

O que está garantido é que o festival não poderá acontecer no local habitual“, esclarece Ricardo. “Soubemos da contestação dos moradores pela comunicação social local, marcámos imediatamente uma reunião com as entidades competentes, a Câmara Municipal de Caminha e a Junta de Freguesia de Moledo, que se mostraram inflexíveis na decisão de apoiar os moradores. Esta solução, deste terreno mencionado, foi-nos apresentada há algum tempo, carecendo da autorização, além de uma limpeza de forma a podermos avaliar a viabilidade em termos logísticos. Nada disto foi feito, assim como não tivemos mais notícias sobre o assunto da parte das ditas entidades. De qualquer forma, vamos apresentar o comunicado em breve, onde apresentaremos a melhor solução para o festival.

Fonte: loudmagazine