Plano Operacional Municipal (POM) mereceu parecer positivo

Comissão Municipal para a Gestão Integrada de Fogos Rurais de Caminha
0
791

A Comissão Municipal para a Gestão Integrada de Fogos Rurais de Caminha reuniu na manhã de 31 de maio, na Biblioteca Municipal, sob a presidência de Rui Lages, Presidente da Câmara Municipal de Caminha, tendo sido dado parecer positivo ao Plano Operacional Municipal 2023 (POM), documento estratégico na área do combate aos incêndios florestais e rurais.

O POM – Plano Operacional Municipal define a estratégia de prevenção e combate dos incêndios florestais e regula a articulação entre entidades e organismos municipais e distritais, designadamente as ações de vigilância, deteção, fiscalização, 1.ª intervenção, combate, rescaldo e vigilância pós-incêndio.

Este é mais um instrumento importante para a segurança das populações e do território. No final da reunião, o Presidente da Câmara congratulou-se pelo diálogo que foi possível estabelecer entre os diferentes responsáveis e pelos contributos que os participantes trouxeram para a discussão de um tema tão relevante para o concelho.

Na Biblioteca Municipal, a reunião da Comissão Municipal para a Gestão Integrada de Fogos Rurais de Caminha juntou, sob a presidência de Rui Lages, como referimos, representantes da GNR; do Comando dos Bombeiros de Caminha; do Comando dos Bombeiros de Vila Praia de Âncora; do ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas; do Conselho Diretivo dos Baldios de Riba de Âncora; o  coordenador municipal de Proteção Civil e Gabinete Técnico Florestal.