Plataforma ‘Caminha Âncora do Saber’ já está a funcionar em pleno

Este é mais um investimento, que ultrapassa os 250 mil euros, na educação das crianças do concelho
0
154

O projeto School4All-Caminha deu mais um passo significativo em prol da comunidade escolar, com a entrada em funcionamento da plataforma “Caminha Âncora do Saber”, cujo objetivo é promover o sucesso escolar no concelho de Caminha. Os restantes subprojetos também já se encontram em fases adiantadas. Os kits experimentais já foram distribuídos nas escolas; está a ser constituída a equipa multidisciplinar; e as salas de futuro também já estão devidamente apetrechadas. Este é mais um investimento, que ultrapassa os 250 mil euros, na educação das crianças do concelho.

O objetivo é melhorar a qualidade das aprendizagens dos alunos, de forma a promover o sucesso escolar e reduzir a taxa de insucesso e abandono, isto é, investir na redução e prevenção do abandono escolar precoce e no estabelecimento de condições de igualdade no acesso à educação infantil, primária e secundária.

Este projeto tem como metas atingir o envolvimento de todos os níveis de ensino (desde o pré-escolar até ao ensino secundário); a implementação de 100% das medidas de cada operação; a redução, em pelo menos 15%, dos alunos com níveis inferiores a 3 e a redução, em pelo menos 25%, da taxa de retenção e desistência.

O School4All abrange 5 subprojetos: ‘Terra Educa’; ‘Música no Alto Minho’; ‘Experimenta brincando e aprende experimentando’; ‘Bom é saber calar até ser tempo de falar’ e ‘Laboratório de aprendizagens ativas’.

A plataforma “Caminha Âncora do Saber”, que integra o subprojeto ‘Terra Educa’, já está a funcionar em pleno. As crianças do 1º ciclo do ensino básico e as do pré-escolar, bem como os professores e encarregados de educação já acedem a esta plataforma de aprendizagem e partilha através do endereço: http://caminhancoradosaber.cm-caminha.pt/

O Município já distribuiu em todas as escolas os códigos de acesso de cada criança e encarregado de educação. Esta nova plataforma permite a utilização dos Tecnologias de Informação e Comunicação na aprendizagem; um ambiente de aprendizagem dinâmico e interativo que estimula e reforça o processo de ensino-aprendizagem, entre outras possibilidades. Por exemplo, os alunos do 1º ciclo podem aceder a conteúdos de Educação para a Cidadania; conteúdos digitais curriculares (português, matemática, estudo do meio e inglês); a um sistema de gestão de crachás e, ainda `podem integrar projetos educativos e projetos comunitários.

No caso do subprojeto ‘Experimenta brincando e aprende experimentando’, cujo objetivo é fomentar a prática experimental com os alunos, o Município também já distribuiu os kits experimentais.

Por último, quanto ao subprojeto ‘Laboratório de aprendizagens ativas’ que visa potenciar o recurso às novas tecnologias, sublinhamos que as salas de futuro que se localizam na EBS do Vale do Âncora e EBS Sidónio Pais, já estão apetrechadas. Trata-se de equipamentos móveis que vão circular pelas escolas e jardins de infância que compõem o Agrupamentos de Escolas Sidónio Pais.

A equipa multidisciplinar que será composta por um psicólogo, um terapeuta da fala, um assistente social e um educador social, também já se encontra em fase de constituição.

O School4All é mais um investimento na educação e formação dos alunos do concelho. Este projeto é cofinanciado em 85% pelo Fundo Social Europeu, sendo a restante quantia assumida pelo Município de Caminha. Resulta de uma candidatura aprovada no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte, Norte 2020, submetido ao eixo prioritário 8: educação e aprendizagem ao longo da vida, no montante 265,905 €, financiado em 85% pelo Fundo Social Europeu.