Projeto “Reciclar a Compostar” está a visitar as escolas

0
139

A Câmara Municipal começou em setembro a implementar o projeto “Reciclar a Compostar”, que envolve a entrega gratuita de 400 equipamentos de compostagem, tendo realizado já várias ações de sensibilização e formação na União de Freguesias de Caminha e Vilarelho e em Vila Praia de Âncora, as freguesias identificadas para esta fase, que também envolve os estabelecimentos de ensino. Várias escolas receberam, entretanto, a visita dos formadores, numa “aula” diferente, com curiosidade e entusiasmo.

Para as ações normais nas freguesias, a calendarização faz-se de acordo com a receção das inscrições. As próximas sessões já estão marcadas: 20 de outubro – no Museu do Município de Caminha (19h00); 27 de outubro – Ludoteca de Vila Praia de Âncora (19h00) e 28 de outubro – no Museu do Município de Caminha (19h00).
Já no caso das escolas, o agendamento é coordenado com o Agrupamento de Escolas de Caminha, e decorreram já várias iniciativas em escolas básicas e jardins de infância, em vários pontos do concelho, designadamente Lanhelas, Seixas, Caminha, Moledo e Vila Praia de Âncora, estando outras agendadas.

Este é um projeto amigo do ambiente, que incentiva a seleção dos resíduos sólidos urbanos para lá do que já era tradicional, ou seja, separando resíduos suscetíveis de valorização, nomeadamente o papel, as embalagens de cartão, o plástico, o metal e o vidro.
Agora, a aposta é para ir mais longe e separar também componentes orgânicos, normalmente misturados com o lixo doméstico, considerado resíduo indiferenciado. Podem ser participantes do projeto cidadãos com idade igual ou superior a 18 anos, residentes nas freguesias de Vila Praia de Âncora ou na União das Freguesias de Caminha e Vilarelho, cuja residência possua um espaço verde exterior para colocar um compostor doméstico (quintal, horta, jardim ou terreno). O projeto está desde já aberto também aos titulares de direito de utilização de parcela nas Hortas Urbanas – Quinta da Barrosa, que têm participado nas ações, e aos estabelecimentos de ensino do Agrupamento de Escolas do Concelho de Caminha. O objetivo será alargar a todas as freguesias até final de 2023.

O projeto “Reciclar a Compostar” foi candidatado pelo Município de Caminha ao programa “Bio Bairros – Da terra à terra”, financiado pelo Fundo Ambiental, e inclui-se no âmbito das estratégias delineadas pelo Município de Caminha, nomeadamente no que se refere ao desenvolvimento de um sistema de recolha de bio resíduos, promovendo a redução da deposição em aterro, através da implementação de medidas de incentivo e promoção da compostagem doméstica junto da população local e das entidades parceiras. O investimento previsto é de 36.480.00 euros (IVA incluído), e inclui aquisição de compostores, formação e materiais de divulgação.

Os munícipes interessados em participar devem preencher o formulário de inscrição disponibilizado na página eletrónica do Município, em www.cm-caminha.pt, através de Ficha de Inscrição, enviar por correio para a Câmara Municipal de Caminha – Largo Calouste Gulbenkian – 4910-113 Caminha ou entregar nos serviços de atendimento do Município de Caminha.