Projetos pedagógicos | Salinas no Município de Caminha

Agrupamento de Escolas do concelho de Caminha Escola Básica e Secundária do Vale do Âncora
0
175

No passado dia 17 de maio, os alunos da turma B do sétimo ano da Escola Básica e Secundária do Vale do Âncora deslocaram-se a Caminha com o intuito de identificar o local onde terão existido salinas.

Em resultado da ampla articulação pedagógica do projeto “Nosso Mar”, e reunindo domínios formativos dos Laboratórios de Aprendizagem, nos quais o Agrupamento de Escolas do concelho de Caminha está envolvido, estes alunos foram desafiados a encontrar nos diferentes saberes disciplinares elementos que enquadrem esta atividade, relatada, pelo menos, desde o século XI.

A paisagem, elemento fundamental do território, foi descrita no recurso aos conhecimentos da língua portuguesa, mas igualmente pela expressão artística, realizando os alunos o desenho à vista, sob a orientação da docente de Educação Visual.

Sendo certo que a produção de sal apenas é possível a partir das águas que o têm dissolvido, os jovens alunos investigadores recolheram amostras de água no rio Coura que será posteriormente analisada em laboratório escolar, sob a supervisão pedagógica disciplinar de Físico-Química.

No envolvimento do domínio dos saberes de Geografia, por disponibilização de um mapa do século XVIII, os alunos identificaram o possível local de existência da salina registada nesta cartografia.

A recolha de múltiplas imagens completaram as tarefas de campo, sendo, posteriormente, trabalhadas e partilhadas na articulação com as Tecnologias da Informação e da Comunicação que sustentam todo o trabalho de construção de blogues e sua manutenção, promovendo a partilha com a comunidade e o reconhecimento da existência, no passado, de salinas em território do município de Caminha.

A influência da linha de costa sobre as atividades económicas, industriais e turísticas, ficou mais uma vez registada neste trabalho desenvolvido pelo Agrupamento de Escolas do Concelho de Caminha, a partir da Escola Básica e Secundária do Vale do Âncora, justificando a ação do “Nosso Mar” enquanto projeto de aproximação à comunidade, aos seus saberes e à identidade local. A criação de cenários de aprendizagem diversificados, favoreceram contextos naturalistas, determinados pela observação e ação prática, respondendo a questões concretas e aproximando os alunos do interesse pelo saber e, sobretudo, reconhecendo no seu envolvimento as possibilidades ainda em aberto no ato de ensinar e na capacidade de aprender.

A existência de salinas em território municipal será ainda mais explorada no futuro, sendo, a seu tempo, dado conhecimento atualizado à comunidade.