“UM LIVRO, UMA CONVERSA E ÀS VEZES UM FILME” JUNTA EM CAMINHA JÚLIO MACHADO VAZ, INÊS MENESES E FRANCISCO GUEDES DE CARVALHO

SESSÃO DECORRE NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE CAMINHA, NO DIA 19 DE JULHO, PELAS 18H30
0
113

“Um livro, uma conversa e às vezes um filme” vai apresentar o livro “O Amor é: Para Memória Futura”, de Júlio Machado Vaz e Inês Meneses, apresentado por Francisco Guedes de Carvalho. A sessão vai decorrer no dia 19 de julho, pelas 18H30, na Biblioteca Municipal de Caminha.

Esta quarta edição de “Um livro, uma conversa e às vezes um filme” junta em Caminha rostos bem conhecidos do grande público, como são os casos de Júlio Machado Vaz e Francisco Guedes de Carvalho.  

Na sinopse do livro pode ler-se: “neste O Amor É, com o imprescindível suporte da comunicadora Inês Meneses, o médico psiquiatra Júlio Machado Vaz, o grande desconstrutor dos tabus em torno da sexualidade em Portugal, conduz o leitor pelos temas que a todos nos interessam e apaixonam: as paixões adolescentes, os amores adiados, os eficazes e os impossíveis, o alargamento da adolescência, a nostalgia da paixão, a inversão dos estereótipos culturais, a obsessão pela infância e pela morte, a omnipotência do teclado, as coisas das quais queremos livrar-nos porque nos trazem recordações amargas, a culpa judaico-cristã dos que querem partir mas ficam, os homens sós que antes não cozinhavam e hoje cozinham, a apologia do engate, a monogamia, as implicações da internet nas relações amorosas, as pessoas certas e as pessoas erradas (que por vezes se buscam), as separações e os divórcios, a ligação com os filhos, as compensações, os equilíbrios e as asneiras, a maturidade sexual dos homens, a disfunção eréctil, o pecado de ser mulher, a homossexualidade hoje e na Roma Antiga, a coabitação que não garante o amor, a casa própria que não o nega, os lutos das relações passadas, entre muitos outros. Um livro imperdível, sobre muito do que o amor é.”

Júlio Guilherme Ferreira Machado Vaz

Júlio Guilherme Ferreira Machado Vaz

Com um vasto currículo, o professor doutor conta com vários livros publicados, com destaque para O Sexo dos Anjos; O Fio Invisível; Sábados, Domingos e outros Dias; Muros;  Conversas no Papel;  Estilhaços; Estes Difíceis Amores;  Olhos nos olhos; O Tempo dos Espelhos;  O Amor é; Aqui entre nós;  Era uma vez um Professor;  Vinte Anos Depois;  À beira-rio; O Amor é para Memória Futura. No campo da rádio, também é um nome conhecido pelos programas: O Sexo dos Anjos; A Bela e os Monstros; O Amor é. E na área da televisão, tem sido o rosto de vários programas, como são os casos de Sexualidades; Estes difíceis Amores e Serralves Fora de Horas.

Inês Meneses

Estreou-se em rádio em Vila do Conde, esteve doze anos na TSF e está na Radar há treze. Colabora com a Antena 1 e com o Expresso. Assinou na imprensa a crónica O Sexo e a Cidáliadurante mais de dez anos. Publicou o livro Amores Impossíveis.

Francisco Guedes de Carvalho

Dono de um vasto curriculum é autor de vários livros: Receitas Portuguesas, os pratos típicos de todas as regiões; As 100 maneiras de cozinhar bacalhau e outros peixes; As 100 maneiras de cozinhar o porco e outras carne e Guia dos restaurantes de Portugal. É também responsável pela tradução de vários livros. É ainda responsável pela organização de Correntes d´Escritas,na Póvoa de Varzim; Literatura em Viagem, em Matosinhos; o FLiD — Festival Literário do Douro, no Espaço Miguel Torga, S. Martinho de Anta, Sabrosa; entre outros.

A decorrer nas Bibliotecas de Caminha e de Vila Praia de Âncora, “Um livro, uma conversa e às vezes um filme” ainda vai trazer ao concelho Frei Bento Domingues com o livro “A Religião dos Portugueses” e Nuno Brandão Costa com o livro “São João de Deus” e Sérgio Fernández.

Esta iniciativa é organizada pelos Amigos da Rede de Bibliotecas de Caminha e pela Câmara Municipal de Caminha.

É de referir que os Amigos da Rede de Bibliotecas de Caminha (RBC) tornam-se leitores inscritos nas bibliotecas do concelho de Caminha. O estatuto de Amigo da RBC é formalizado através do preenchimento de um formulário, (com os dados biográficos essenciais e contactos) e da oferta de um livro que reverterá para a coleção da Biblioteca Municipal. A participação no grupo de Amigos da RBC é voluntária, exclui qualquer compensação e cessará no momento em que o Amigo assim o desejar. Através da sua ação, os Amigos RBC pretendem contribuir, de modo particular, para o desenvolvimento das competências e serviços das mesmas e, genericamente, para o progresso cultural da comunidade que estas servem.