Viana investe 1,389 milhões de euros para criar passagem desnivelada em Carreço

0
263

O Secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, visitou esta sexta-feira a empreitada de construção de uma passagem desnivelada em Carreço, num investimento de 1,389 milhões de euros. A obra deverá estar concluída dentro de seis meses, no mês de setembro, e pretende reforçar a segurança ferroviária da Linha do Minho e reforçar o fluxo rodoviário na freguesia em articulação com a estrada nacional.

De lembrar que, para o local, estava previsto um restabelecimento viário, tendo a autarquia optado por uma passagem desnivelada à Linha do Minho, ao KM 87,602, em Carreço. Trata-se de uma obra que pretende dar resposta às necessidades de mobilidade da freguesia de Carreço, nomeadamente aos utilizadores da Rua das Cachadas e interior da freguesia e a empreitada implica a criação de arruamentos, pavimentos e sinalização da passagem desnivelada para supressão da atual passagem de nível.

A intervenção inclui trabalhos como demolições e movimento de terras para criação das plataformas, pavimentações, águas pluviais e sinalização adequada. O perfil transversal da passagem inferior terá uma faixa de rodagem com duas vias de trânsito, sendo uma para cada sentido. A faixa terá 5,50 metros, acrescida de valetas com 0,60 metros de cada lado, sendo que, cada via terá 2,75 metros. Do lado sul da faixa de rodagem está prevista a execução de um passeio com 1,50 metros.

De lembrar que, em junho de 2005, foi assinado entre o Município e a antiga Refer um protocolo que visava a eliminação de todas as passagens de nível, processo em que as duas entidades investiram mais de 15 milhões de euros. Este protocolo permitiu a construção total de 14 novas passagens desniveladas e o encerramento definitivo ou parcial de uma dezena de atravessamentos, num processo concluído em 2010.