Câmara de Caminha disponibiliza 126 computadores e 45 routers para o ensino à distância

Apoio municipal junta-se aos 76 portáteis já entregues pelo Ministério da Educação aos alunos do Ensino Secundário
0
367

A Câmara Municipal de Caminha disponibilizou 126 computadores e tablets ao Agrupamento de Escolas Sidónio Pais para apoiar os alunos no regresso ao ensino à distância. Aos equipamentos, juntam-se 45 routers de acesso à internet por banda larga que vêm colmatar situações em que o agregado não tem ou não pode aceder à internet por vias particulares. De acordo com o Presidente da Câmara Municipal de Caminha, Miguel Alves, “neste regresso às aulas a partir de casa, não poderíamos deixar de estar ao lado das famílias, dos pais e professores e fomos até onde nos pediram para ir com os recursos que temos. O material que temos é emprestado às famílias de acordo com os nomes que nos são identificados pelo Agrupamento, dando prioridade aos alunos dos ciclos mais avançados e oriundos de famílias com mais dificuldades económicas”.

Os equipamentos municipais juntam-se aos 76 computadores que o Ministério da Educação já entregou ao Agrupamento para o Ensino Secundário a alunos com escalão, sendo parte de um kit que inclui auscultadores com microfone, uma mochila, um hotspot e um cartão SIM para a ligação à rede móvel com 2GB. Para o autarca de Caminha, “o esforço nesta terceira vaga é muito maior, quer para professores, quer para alunos e famílias. E, por isso, também incrementamos o nosso apoio, com mais equipamentos e melhor acompanhamento. Ao longo dos próximos dias admitimos poder ir mais longe se forem identificadas mais necessidades por parte do Agrupamento mas também esperamos que o Ministério da Educação faça a sua parte porque faltam entregar muitos dos computadores que foram prometidos”.

No primeiro dia de aulas à distância, a Câmara Municipal de Caminha confecionou 194 refeições que entregou em casa de alunos carenciados e nas escolas de acolhimento do concelho que têm, neste momento, 15 crianças a seu cuidado. O Município assegura também o transporte de material escolar em suporte de papel através da Rede Complementar de Apoio que distribui alimentos, medicamentos e outros bens essenciais pela população do concelho.