Existem bons alimentos para a pele: Mito ou Facto?

0
186

alimentação tem um papel central na manutenção da saúde de cada indivíduo, seja na prevenção da doença através de uma alimentação cuidada e saudável, seja no agravamento desta, quando a alimentação carece de bons nutrientes.

Frequentemente, o cuidado com a nossa pele passa apenas pela aplicação de cremes de tecnologia avançada ou por tratamentos estéticos de última geração. No entanto, a eficácia de todas estas soluções só será otimizada quando começarmos a tratar da pele de dentro para fora. Uma alimentação saudável, rica em vitaminas e nutrientes essenciais, pode fazer a diferença para uma pele mais jovem e firme, podendo também as propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes de alguns alimentos potenciar o rejuvenescimento.

Quais os alimentos que mais benefícios trazem à pele? São aqueles que na sua composição são ricos em vitaminas, como é o caso de alimentos ricos em vitamina E (nozes, sementes de girassol, avelãs), em vitamina C (laranja, kiwi, tomate, pimento vermelho) também responsável pela firmeza e elasticidade da pele, em vitamina A (espinafres, abóbora, salmão, óleo de fígado de bacalhau) e vitaminas do complexo B (ovo, leite e derivados, carne, cereais).

Para a manutenção de uma pele cuidada, além da alimentação, é fundamental uma boa ingestão de água ao longo do dia. Mas qual a quantidade de água que devemos ingerir? A quantidade recomendada é de 1,5 a 2 litros de água, no entanto esta recomendação pode variar conforme cada caso clínico. Para além de muitas outras funções, a água é responsável pelo transporte de determinados nutrientes até à pele.

Por outro lado, as bebidas alcoólicas e os alimentos processados, ricos em aditivos, gorduras saturadas e açúcares, podem ser bastante nocivos à pele. Estudos mais recentes consideram que uma dieta rica em alimentos anti-inflamatórios e baixa em calorias tem um papel importante no atraso do envelhecimento. É também visível o investimento da indústria de cosméticos em produtos mais naturais, que incluem na sua composição ingredientes provenientes de alimentos.

Por fim, mas não menos importante, é necessário identificar os alimentos aos quais possa ser intolerante. Grande parte das intolerâncias alimentares origina manifestações cutâneas: eczema, alergia, entre outras.

Uma alimentação saudável é fundamental para a manutenção da sua saúde e, por consequência, para o bem-estar da sua pele. Desta forma, sublimo a importância de seguir um plano alimentar personalizado, atendendo às suas características e indicadores bioquímicos. Procure aconselhamento clínico junto do seu nutricionista.

Dr.ª Veneranda Garcia Ribeiro (2195N), Nutricionista no Trofa Saúde Braga Norte