Projeto Hortas Urbanas com grande adesão

0
152

O projeto Hortas Urbanas – Quinta da Barrosa, em Vila Praia de Âncora, da iniciativa do Município de Caminha, disponibiliza um total de 37 parcelas, para a prática da agricultura familiar. É um projeto que tem tido, ao longo do tempo, uma adesão grande. O vice-presidente, Guilherme Lagido Domingos, visitou as hortas recentemente.

Muitas pessoas encaram esta atividade agrícola, em pequena escala, uma relação harmoniosa com a terra, que permite produzir alimentos saudáveis e frescos. Além disso, é uma forma de controlar o processo produtivo de modo a utilizar práticas ecológicas e ambientalmente pouco impactantes. Às vezes é, também, encarada com carater lúdico.

Para além do contributo que pode ter para o orçamento das famílias, permite educar a população para a sustentabilidade e para o respeito e defesa pelo ambiente; responder às necessidades crescentes de contacto com o espaço rural e, ainda, permite incentivar a economia circular através da adoção de práticas de compostagem.

O Município disponibiliza ponto de água destinado à rega das culturas produzidas na parcela, um local comum para armazenamento dos utensílios agrícolas e um espaço comum para compostagem ou colocação de estrumes.

De acordo com o regulamento do projeto, pode candidatar-se a utilizador das “Hortas” qualquer munícipe, residente no concelho de Caminha, mediante preenchimento do formulário de candidatura, devendo-o remeter por correio para Praça Conselheiro Silva Torres, 4910-122 Caminha, fax 258 710 319, entregar nos balcões de atendimento ou via e-mail para geral@cm-caminha.pt. É de salientar que a seleção para a atribuição das parcelas se faz por ordem de inscrição.

A grande procura leva a que, atualmente, as parcelas estejam todas ocupadas.