Promoção do Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela com novo impulso

0
183

O Executivo reuniu em sessão ordinária [2 de agosto] tendo aprovado por unanimidade as propostas apresentadas pelo Presidente da Câmara, Miguel Alves, designadamente com vista à promoção do Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela e acordo com a Movijovem para implementação e comercialização do Cartão Jovem Municipal, entre outros.

A primeira proposta, Acordo de Cooperação Institucional entre os Municípios do Porto, Maia, Matosinhos, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Esposende, Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira, Valença e a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal para investigação, promoção e dinamização do Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela mereceu assim o consenso de todos os elementos.

O documento define as obrigações dos municípios e da Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal com vista à investigação, promoção e dinamização do “Caminho Português da Costa” para Santiago de Compostela. Visa ainda a valorização e posterior reconhecimento oficial do Caminho Português da Costa como itinerário de peregrinação; dinamizar o potencial cultural e turístico das peregrinações, fomentando o desenvolvimento económico, social e ambiental nos territórios que atravessa; contribuir para o desenvolvimento de produtos identificados como estratégicos para a região e promover a cooperação intermunicipal, com vista ao desenvolvimento e implementação de um projeto de natureza cultural, ambiental e turística.

Aprovado foi ainda o acordo entre o Município de Caminha e a Movijovem, Cooperativa De Interesse Público, para implementação e comercialização do Cartão Jovem Municipal, assim como a isenção de pagamento de utilização de equipamentos municipais no dia 12 de agosto – Dia Internacional da Juventude. Para assinalar esta data e tornar este evento mais visível o Município de Caminha vai criar momentos de cariz lúdico, cultural e recreativo, envolvendo os jovens munícipes do nosso concelho.

O Executivo concordou que a Câmara Municipal isente os jovens até aos 35 anos de idade do pagamento de taxas pelo acesso à Torre do Relógio de Caminha, entre os dias 9 e 15, assim como de pagamento de taxas de acesso às Piscinas Municipais (banhos livres), no mesmo período, assim como de pagamento de taxas pela utilização do Ferryboat, ainda nessas datas, caso a embarcação retome as travessias, que se encontram interrompidas devido a problemas na plataforma do lado espanhol.

Igualmente aprovado foi o protocolo entre Câmara Municipal de Caminha e Clube NTG – Natureza, Todo o Terreno e Aventura, que viabiliza a realização do XTREM PORTUGAL CAMINHA, um evento-marca do concelho de Caminha, atraindo todos os anos dezenas de participantes, oriundos de vários países e centenas de espectadores que vêm assistir à prova de trial. Conforme se explica na proposta, “ao longo dos anos, este evento tem vindo a ganhar a sua maturidade, ganhando cada vez mais uma projeção internacional o que se por si leva o nome de ‘Caminha’ pela europa fora. Para além da prática desportiva de uma modalidade menos usual no nosso concelho, esta prova promove a economia local, fomenta e dinamiza o comércio, a hotelaria e a restauração”.

O Executivo aprovou também por unanimidade, a atribuição de um subsídio à Junta de Freguesia de Vilar de Mouros, no montante de 1.500,00€ (mil e quinhentos euros) para apoio na edição do Roteiro Turístico de Vilar de Mouros, que será amanhã apresentado.
Aprovados nos mesmos termos foram também a atribuição de um subsídio ao Atlético Clube de Caminha, no montante de 2.000,00€ (dois mil euros) para apoio na aquisição de equipamentos; ao Sporting Club Caminhense, no montante de 3.000,00€ (três mil euros) para apoio na realização da V edição da Travessia de Remo de Mar, e à Associação de Danças e Cantares da Serra D’Arga, no montante de 8.000,00€ (oito mil euros) para apoio nos transportes escolares.