Ranking classifica escola secundária pública de Caminha como a mais inclusiva de Portugal

0
138

O Agrupamento de Escolas Sidónio Pais de Caminha foi a primeiro classificado do ranking nacional de escolas do ensino secundário no recém-criado indicador de “Equidade”, que permite aferir os níveis de sucesso educativo dos alunos de condições socioeconómicas mais vulneráveis. O sucesso neste indicador orgulha todo o concelho e coloca a escola secundária pública de Caminha como a mais inclusiva de Portugal. Estão de parabéns alunos, professores, funcionários, famílias e comunidade, que veem assim reconhecido o seu excelente desempenho no universo do sistema educativo.

A notícia, divulgada no final da última semana, veio reconhecer a importância de todo o trabalho que tem sido desenvolvido pelos diversos agentes que intervêm no processo educativo, um trabalho colaborativo, de compromisso e de aposta sempre crescente, que o tempo de pandemia obrigou ainda a reforçar.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Caminha, “os rankings das escolas não estão isentos de erros e não devem servir como critério único para avaliar a qualidade de ensino numa escola, mas não deixamos de estar satisfeitos com o sucesso dos nossos alunos e da nossa comunidade escolar, principalmente num indicador que permite perceber que Caminha combate as desigualdades dando mais oportunidades às novas gerações, independentemente da condição socioeconómica das suas famílias”.

Miguel Alves parabeniza um vasto grupo: “felicitamos todos, alunos, professores, funcionários e famílias e sublinhamos a importância do trabalho em comunidade. O investimento na escola em novos e melhores instalações, no transporte escolar, nas refeições, nas atividades a tempo inteiro, no material informático, na ação social e nos recursos humanos, é uma aposta nas famílias e no futuro do concelho de Caminha. Já estávamos convencidos sobre a importância desta prioridade para o futuro da nossa terra, mas mentiria se não dissesse que, esta distinção nacional, que põe a escola secundária pública de Caminha como a mais inclusiva de Portugal, nos dá ainda mais força para continuarmos o trabalho que temos vindo a fazer nos últimos anos. Caminha está de parabéns!”

A distinção fez que o concelho de Caminha fosse mais uma vez notícia, uma boa notícia, e agora pelas melhores entre aquelas que podem ser realmente as melhores razões. Ouvida pelos media, a Diretora do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais, a Professora Maria Esteves, mostrou-se orgulhosa pelos resultados obtidos, especialmente neste indicador, tendo em conta a natureza do concelho, onde cerca de 40 por cento dos alunos beneficiam da Ação Social Escolar.

Para a responsável, este sucesso é também mais um pretexto para a escola repensar a Educação e a forma como se relaciona com os alunos.
“Esta é uma escola pequena em tamanho, mas grande em futuro” – as palavras são do aluno Eduardo Carvalho, ouvido pela Rádio Renascença. É um dos “responsáveis” pelos resultados obtidos no ranking da Equidade. Aluno de nota 20, destaca o ensino de proximidade e as relações que se estabelecem com os docentes, de amizade até, como as grandes vantagens de uma escola que, sublinha, ensina os conteúdos, mas também “nos ensina a ser homens e mulheres”.

Ouvido ainda pela estação, o Coordenador do Departamento de Matemática e Ciências Experimentais, Professor Joaquim Celestino Ribeiro, aponta mais um fator para o sucesso alcançado, destacando a importância do Poder Local, que “faz a diferença”. O docente sublinha a boa articulação institucional a este nível, que, defende, foi ainda mais importante em tempo de pandemia, permitindo superar as carências acrescidas, num esforço para disponibilizar o que era necessário para os alunos.

A Câmara Municipal tem assumido a Educação como uma das suas prioridades maiores, dialogando sempre com o Agrupamento e reforçando o apoio e investimento a cada ano. Desde o ano letivo de 2014/2015, por exemplo, os transportes escolares abrangem também o Ensino Secundário e a aposta na Educação tem sido sucessivamente reforçada. Neste momento, só em instalações, estão em curso investimentos de cinco milhões de euros, que contemplam a requalificação e ampliação da Escola Secundária Sidónio Pais, em Caminha, a ampliação da Escola Básica e Secundária de Vila Praia de Âncora e Espaços de Integração para o Ensino Articulado (Academia de Música Fernandes Fão).

Entretanto, por causa da pandemia, o Município de Caminha reajustou as refeições escolares, em colaboração com o Agrupamento. Assim, o serviço não foi interrompido e a Câmara entregou milhares de refeições reforçadas em casa de crianças e jovens pertencentes a agregados carênciados, disponibilizando ainda outros meios, designadamente informáticos, para que o ensino/aprendizagem não fosse interrompido pela pandemia.