Requalificação da parte exterior dos paços do concelho implicou investimento de mais de 137 mil euros

Edifício emblemático no Centro Histórico foi desenhado em 1920
0
236

A Câmara Municipal de Caminha está a realizar obras de beneficiação nos Paços do Concelho, um dos edifícios mais emblemáticos da vila de Caminha. A intervenção incidiu sobretudo na requalificação da cobertura e telhado do edifício, num investimento superior a 137 mil euros.

Relativamente ao do telhado do edifício Paços do Concelho, foi substituída toda a telha cerâmica, bem como foram requalificados os beirados existentes. A estrutura de suporte em madeira foi também intervencionada. Aqui foram substituídos os elementos que se apresentavam em avançado estado de degradação, quer os elementos estruturais quer o forro de madeira. Sob a telha cerâmica foi aplicada uma tela com caraterísticas térmicas, bem como foram substituídos todos os rufos existentes, que se apresentavam também em avançado estado de degradação e com ligações que não garantiam a sua estanquidade, originando infiltrações através dos mesmos. Os trabalhos incluíram a requalificação das claraboias existentes.

Paralelamente, os funcionários do Município estão a executar trabalhos de conservação no edifício, nomeadamente intervenções na caixilharia e gradeamento.

Desenhado em 1920, o edifício da Câmara Municipal de Caminha sofreu, nos anos 50, profundas remodelações a cargo do arquiteto vilarmourense José Porto. A fachada principal apresenta vários pináculos rendilhados, que copiam dois originais, provenientes da Capela de S. Sebastião. No interior, destaca-se a decoração do Salão Nobre, com o seu teto em masseira e motivos fitomórficos proveniente da Igreja Matriz, e o arco ao fundo do 1º piso, reaproveitado da Capela da S. Sebastião.