Ação de Formação e Estágio de Karaté no âmbito das Comemorações dos 20 anos da AKP

0
212

A Associação de Karate do Porto em colaboração com o Clube de Karaté de Caminha, vai organizar uma Ação de Formação e Estágio de Karaté no âmbito das Comemorações dos 20 anos da AKP, que englobará uma Competição de Kata, Exames de Graduados e uma Gala do Karaté. Este evento realizar-se-á nos dias 13 e 14 de novembro, no pavilhão municipal de Caminha e estarão presentes cerca de trinta instrutores da AKP, estando abertas vagas para 150 seminaristas e 200 competidores de todo o país. Está ainda confirmada a presença do Diretor Técnico Internacional da AKP, o Shian Athula Minithanthri , 8º Dan ( Karaté-Do ShitoRyu)

Realçar o clube anfitrião, Clube de Praticantes de Karaté de Caminha, cujo Dojo se situa em Vila Praia de Âncora, que conta com cerca de oitenta atletas federados. O clube nunca parou um único treino, mesmo em tempos de confinamento devido ao Covid, tendo as aulas decorrido online e via Zoom, em todas turmas. Referir o espírito de trabalho desta equipa de treinadores e alunos, que tem sido notável e tem vindo afirmar-se no concelho de Caminha e Distrito de Viana do Castelo. O clube dispõe de uma equipa de competição que treina regularmente em Vila Praia de Âncora e no Porto, pretendendo voltar aos palcos da competição brevemente em Portugal e no estrangeiro.

O coordenador da formação do Clube de Karate de Caminha Sensei, João Sampaio, referiu o Karaté, como a melhor forma de atividade física para crianças e jovens e como prática regular durante toda a vida.

O Karate permite uma educação motora completa, reforçando todas as suas possibilidades educativas e psicomotoras, espaço/ tempo, proprioceptividade, lateralidade, lançar, puxar, empurrar, arrastar, pular, rolar, cair, coordenar, estimular a relação com outras pessoas, utilizando o jogo e a luta como um suplemento à motricidade. A técnica e a tática desportiva desenvolvida no Karaté, além de promover uma aptidão geral ideal, permite também aos praticantes desenvolver competências de auto-defesa e a possibilidade de iniciarem uma carreira como futuros treinadores.

Mestre no Ensino da Educação Física e professor no Agrupamento de Escolas Muralhas do Minho, com vasta experiência como treinador noutras modalidades, referenciou o Karaté como um dos desportos mais completos que promove os valores da amizade, participação, respeito e esforço para melhorar. “Ensinamos a não desistir, a não terem receio de falhar”.

Sobre o Estágio, referiu que irão ser propostos a exame de cinto negro – 1º Dan, dois alunos do Clube de Karaté de Caminha, Guilherme Dourado com 18 anos e natural de Âncora e Maria João Cadilha com 16 anos, natural de Cristelo. Dois atletas  que iniciaram a prática do karaté há cerca de 10 anos, e tem feito um percurso notável e levado o clube além fronteiras.

Aproveitou para fazer um agradecimento aos alunos e aos encarregados de educação, pela confiança no projeto do CPK Caminha.  Agradeceu também a Câmara Municipal de Caminha pela disponibilidade de transportes e sobretudo pela cedência do espaço, DOJO de Vila Praia de Âncora, onde foi feito um investimento enorme em equipamento com os subsídios e sponsors dos patrocinadores, tendo neste momento as condições ideais para a prática do Karaté.

Concluiu, fazendo um balanço muito positivo dos dez anos de atividade do CPK Caminha – Dojo de Vila Praia de Âncora cujo aniversário será em 18 de dezembro de 2021.